Calmamente, envadis-te

O meu pensamento, afogas-te

O meu orgulho,

O meu machismo abafas-te

Não me envergonho por me sentir

Menino em seus braços.

Antes porém, queria ser

Sempre o seu brinquedo

Predileto e bem cuidado.

Autor:Mepo Caliheria

/2018