Querido sol

Tags

, ,

E com muito amor e paixão, que redijo

Essa messiva, onde consigo transportam

Um mar de lágrimas de saudades.

Uma carta de amor te escrevi,

Para tentar afogar a dor da saudade

E a paixão ardente

Que maltratam o meu pobre coração.

Querido sol, e com lágrimas ardentes, caindo de

Meus olhos nebulados de inquietação

Com saudosa vontade de ver-te e abraçar-te.

Passam-se vários dias,e noites

Que não nos vemos e abracamo- nos loucamente.

A última vez que tivemos a ousadia de nós abraçar

E mostramos o nosso amor.

O mundo todo ficou com inveja.

Não queriam  que nos encontrassemos.uns batiam latas,

Outros faziam rituais exóticos. Outras compraram óculos

Para assistir o nosso amor espetacular.

Isso foi a mais o menos 1 ano. 

A última vez que nos encontramos.

Faziam tais rituais para eu desapegar de você. Mas jamais acontecerá

Porque eu te amo.

Apesar de alguns reprovarem a nossa relação.

Nada me importa, ao seu lado quero estar e me sentir amada.

Muitas vezes tentei te encontrar.

Para puder abraçar-te e viajar nesse mundo estrelar.

Mas ninguém o permite.

Eu sei que tudo isso é difícil. Tanto para si, assim como para mim,

Mas eu nuca desistirei do nosso amor.

Sempre que puder, farei de tudo para nos encontrarmos.

As escondidas mesmo que seja de noite.

Carinhosamente a sua eterna amiga lua.

O nosso amor é um eclipse total, ninguém aguenta.

Todos comentam tudo para somente ver como

Nos amamos.

Mepo Caliheria/18.7.2017

O medo em meus sonhos

Tem dias que acordamos com um enorme susto.

De repente, vemo-nos em nosso quarto, nossa cama,

Nossa parceria  ao nosso lado e a criança ainda num sono

Profundo. E sentimos um grande alívio por despertar 

E se encontrar naquele lugar.

Não estou falando desonhos doces.

Mas sim de sonhos ruins ou até mesmo diria de grande desespero.

Sonhei que te foste embora.

Eu fiquei de braços e pernas atadas sem saber o que fazer.

Desesperadamente, tentei correr atrás de ti.

Não a alcancei.chorei tanto que naquele momento 

O desespero foi tanto que achei que morreria.

Senti tamanha dor.

lágrimas de sangue escorreram sobre o meu rosto

Pelo coração quebrado pelo deslaço que criaste ao sair da minha

Vida dessa maneira cruel e brutal sem nenhum preparo.

Em meus sonhos chorei, lamentei, gritei, implorei

Nem ao menos me escutas-te,pois havias partido.

Ao menos deixas-te um bilhetinho na mesinha de cabeceira

Do nosso ninho de amor.

Explicando aonde foste e para onde lavas-te os miúdos.

O único meu orgulho e alegria da minha mocidade

E esperança de ser feliz.

O despero foi tão forte que deu um aperto no coração.

Tentava abafar, não consegui. Foi então quando gritei e dispertei.

Ainda eram 6h da manhã de sábado.

Eu estava na cama deitado, você em um sono sereno

E a criança dormindo inocentemente.

Suspirei de alívio.

Vendo que não me tinhas abandonado. 

E que foi apenas um sonho ruim.

Mepo Caliheria/15.7.2017

Te dou a minha aprovação

Tags

,

Te dou a minha aprovação

Em tudo e quanto você quiser

Te dou a minha aprovação

Faz de mim o seu brinquedo,

O seu urso pelucho.

O seu bichinho de estimação.

Em seus olhos me vejo

Em meus olhos tu te vês

Eu hábito dentro de ti

E tu em mim.

És a medida certa para minhas fraquezas.

O remédio que mata a dor da saudade, 

abundante em meu peito.

Sempre que não estás,

Tudo parece estar parado e nada faz sentido.

O sorriso e as gargalhadas só tem graça, 

quando nos dois estamos juntos.

Teus labios de morango adoçam a minha alma.

Fazem de mim um menino mimado

E por vezes carente.

Dependente dos seu encantos e delicadeza.

Tudo se torna claro e coerente ,

quando estas ao meu lado.

Sua voz melódica e agradável,

Sussurrando no meu ouvido, me chamando de paizinho.

Sempre que queres conquistar,

A minha aprovação aos seus desejos.

Eu tomado pela emoção e orgulho de ser mimado

Pelo seu amor.

Digo sim a tudo, até mesmo no impensado.

Em ti só vejo amor.

Mepo Caliheria/12.7.2017

Uma luz no fundo do coração.

Tags

,

Porque ainda penso em ti

Após termos terminado.Estranho é lembrar

De outra pessoa enquanto vivemos uma outra história de amor.

Confundir-se no pensamento que já

Viveu a mesma história com outra pessoa enquanto a realidade é outra.

Se alguém quiser me jugar que julgue avontadade.

Gostar de alguém não tem medida. 

se gosta e ponto.

Não existe sacrifício quando se ama e está apaixonado.

 Não existem barreiras capazes de suportar a força desse sentimento.

Que nos arrebata e confunde a moral e a necessidade de ser feliz.

Partimos para a parte imoral contra os princípios universais.

Para poder alimentar o nosso vício do amor proibido e escandaloso

Para quem os observa.

Nada me importa…digo no meu coração. Somente o que me interessa

É ser feliz ao lado da pessoa amada.

A sua convicção sexual.do que é moral ou imoral, não me importo.

O que realmente vale a pena é sentir a doçura e o prazer profundo.

A cada momento vivo como se fosse os últimos em seus abraços.

As lágrimas de emoção quando te abraço.

O beijo demorado que me embebeda a mente,

Apagam o meu ego.Embalando o meu sonho de amor

O corpo estremeecendo de ansiedade de atingir o orgasmo.

Palpei na escuridão da solidão das suas dúvidas

Nós momentos de briga,e achei uma vela acessa

No fundo do seu generoso coração.

Há sempre um saída, quando menos se espera.

Mepo Caliheria/11.7.2017

Vou te conquistar

Tags

, ,

Vou te conquistar,mesmo que seja difícil.

No teu orgulho femenio de difícil

Farei congue se torne ao meu estilo fácil.

Não importa a história mal contada que cada um de nós viveu.

Com meu olhar, com meu sorriso, com meus poemas de amor,

minhas palavras doces e amáveis.

Eu sei que te robarei a alma.

Sei que Nuca se afirma com tanta certeza do que sonhamos

Que queremos que aconteça. 

Mas me Gabo que com o meu estilo e português eloquente, creio que a este

Não resistirás.

Mas um sonho eu tenho, viver ao seu lado.

 e compartilhar o café da manhã, a mesma mesa, o deitar e acordar,

O mesmo sofá,um filme,uma pipoca,uma cervejinha geladinha nas tardes de verão.

Sentados na cadeira da varanda vendo o sol se por.

O meu ronco, até o meu mau humor.

E as suas dificuldades de egomar o meu casaco e eu de cozinhar isso também vamos compartilhar.

Sempre quiz que fosses minha eternamente.

Para ganhar o teu colo, o cheiro do teu corpo.

Esse corpo suave, feminino e inocente.

Farei tudo o que for para ser seu e tu minha.

 Caliheria/11.7.2017

Por vários dias

Tags

, ,

Sei que por vários dias passei,
Sem telefonar e nem sequer te escrevi😕

Não tenho desculpas para me redimir

Desse pecado.

A saudade de beijar a sua doce boca

E envolver -me em seus braços.

E tanta que dói e ao mesmo tempo me dá forças para viver.

Fui tão egoísta em nosso amor

Em querer te dar tudo e não faltar nada.

Nessa busca incansável esqueci-me que o nosso amor

Ia morrendo a cada minuto, por falta de cuidado,

Deixei que o silêncio, o vazio e a angústia tomasse conta dele.

Aponto de esquecer o dia do seu aniversário. Desculpa querida.

Eu queria ser perfeito para nunca te decepcionar.

Mas por tanto querer te agradar

Sufoquei esse sentimento lindo e mágico com a minha ausência.

Noites procuras-te encontrar-me

Em seus lençóis, lamementar as suas preocupações , seus medos e brindar os seus sucessos. Mas este pobre peito tão distante.fizeram esse amor

Envelhecer.

O tempo foi tirando a cada momento um poucado da ternura e o amor fervuroso que existia em nossas almas.

A solidão ocupando o meu lugar no seu coração e as palavras 

Desencorajadoras das suas amigas, dizendo que não voltaria a ver- me.

A sua alma entristecida pensando que apenas fui mais uma aventura de amor em sua vida.

Cá hoje estou em sua presença olhando em seus olhos como alma vivente.

Ainda sinto que a nossa história não chegou ao fim.

Aprendi que a companhia é o melhor que se pode dar

Numa relação de amor.

Mepo Caliheria/10.7.2017


Mente cansada

Tags

, , ,

O dia nasceu caindo sobre

As minhas costas nuas cansadas

De carregar o peso das dificuldades

Da vida.

O sol brilhou, mas o Coração abatido de tristeza

Pelos planos frustrados, não sorriu.

As lamentações que por vezes desnecessárias servem de alívio

Para esfriar  a alma quente e dolorida.

O pensamento enferrujado, pelos sonhos antigos

Não realizados,que o relógio do tempo registou.

Mas uma vez, amanheceu.Um dia daqueles que eu vejo lentidão em tudo,

Do ar, da água, do vento, da mente vazia e a vida atrasada.

Queria puder correr atrás do tempo, vencer e ganhar o tempo

Empurrando as dificuldades e conquistando as vitórias.

Infelizmente, o homem vive mais tempo para as amarguras do que para o gozo que passa num piscar de olhos.

Tento pensar em alguma coisa útil.Mas hoje é um dia daqueles, que falta inspiração em tudo. Não digo que tudo está mal,mas está apenas parado.

Está no fulcro entre as coisas boas e coisas más.

Mepo Caliheria/ 4.7.2017

Clamor da madrugada/ cronicando

Tags

,

Me faltou inspiração, ao procurar descrever esse sentimento estranho ,profundo e medonho. Julgo não existir palavras suficientes para tranfigurar o verdadeiro sentido da vida morta dentro dos olhos chamejantes e marcados na alma negra do pobre rapaz.”um cadastrado e delinquente”.!

Nem a culpa, nem o remorso havia em seu olhos. Apenas a revolta, o ódio, que nele se manifestava.culpando o outro ser humano palas más qualidades e conduta que o levaram a mergulhar nesse abismo infindo, e desalmado.vivendo apenas do roubo e matanças.

Já  o respeito pela alma humana e um Deus que julga foi esquecido. Somente habita o homem das trevas.

Agregando-se em grupos de 8, 10 homens ou mais.Armados até aos dentes com facas, catanas, correntes, instrumentos contundentes e até mesmo armas de fogo.De forma cruel e inesperada, introduzem-se em casas alheias de famílias inocentes e despreparadas.

São surpreendidas com arrombamentos e violentados fisicamente, sexualmente e surrupiados os seus pertences.A instabilidade emocional ,a dor e a vontade de não existir naquele momento lhes toma conta.

Indefesos são manientados e esfolados como cabritos. E empedaçados como no talho de carne.

As agressões nas ruelas e estadas nas sombras da escuridão não foram suficientes. Diariamente, cada noite cuamba vive um martírio, um pesadelo acordado.

País, mães e crianças vivem clamando, vivendo tiroteios na madrugada.

Rogando a Deus que as noites não existissem ou ao menos que a luz do sol não adormecesse.Inúmeras famílias perdem vida por causa dos actos maléficos e violentos causados pelos nossos próprios irmãos, desviados e que venderam a” alma ao diabo.”

Autor: Mepo Caliheria/17.6.2017